Feira Preta e Instituto Mas divulgam pesquisa de consumo

Feira Preta e Instituto Mas divulgam pesquisa de consumo

A pesquisa será comentada na live "Movimento econômico de reexistência de mulheres negras", que terá a participação de Adriana Barbosa, CEO do PretaHub e fundadora da Feira Preta, do sociólogo Marcos Agostinho Silva, do Instituto Mas Pesquisa, e da pesquisadora e acadêmica Ana Lúcia Silva Souza, socióloga que estuda as questões raciais e culturais no Brasil.

A pesquisa mostra o tipo de produto mais procurado pelos frequentadores de cor preta na maior feira voltada para o público.

Até as marcas que mais mais consumidas foram identificadas na pesquisa. Segundo Marcos Agostinho Silva, as marcas apontadas pelos entrevistados são vistas como símbolos de representação da identidade do consumidor preto.

Outro dado que se destaca no levantamento é quando os entrevistados são questionados sobre qual banco eles se lembram em um primeiro momento, e neste aspecto, afirma o coordenador da pesquisa, é possível ver que os novos bancos digitais ainda enfrentam o desafio diante do "tradicionalismo" do consumo.

O coleta de tabulação dos dados mostram também o perfil dos consumidores em relação a marcas de produtos assinados por pequenos empreendedores. "O consumidor moderno valoriza a economia criativa, e isso beneficia as marcas não populares, como mostramos na pesquisa", completa Marcos Agostinho.
aqui...

Live: "Movimento econômico de reexistência de mulheres negras"
Data: 08/08/2020 - sábado
Horário: 18 horas
Transmissão:
https://youtu.be/W_JAYB2k4l0

pptx
Nome Do Arquivo: Relatrio-de-Pesquisa-FEIRA-PRETA-dez-2019.pptx
Tamanho Do Arquivo: 2.4 mb
Baixar Arquivo
Pesquisa do Instituto MAS aponta que maioria da po...
A saída de Teruel da pré-corrida eleitoral em Baru...